A Última Ceia de Leonardo da Vinci + Livro Mini Guia Milão

A Última Ceia de Leonardo da Vinci + Livro Mini Guia Milão

Pacote da Última Ceia + Livro guia de Milão: visite o museu e retire sua cópia do livro (um para cada bilhete o preço cheio ou reduzido reservados, não para bilhetes livres) no Bookshop do museu no final da visita.

ATENÇÂO: Você receberá um voucher para o museu e um voucher para retirar o livro. É necessário imprimir ambos.

IMPORTANTE: a disponibilidade de bilhetes não é a mesma para todos os pacotes combo. Se você não encontrar disponibilidade para a data desejada para este combo, por favor verifique os pacotes de combinação outros também.

A reserva deve ser efetuada com pelo menos 7 dias de antecedência.

Para tutelar a obra de arte de Leonardo, o ambiente exige condições ambientais particulares, obtidas atravéz  de tratamentos do ar, portanto é permitido o acesso de grupos de no máximo 25 pessoas a cada 15 minutos.

Fones de ouvido para visita da Última Ceia

Os fones de ouvido explican, no idioma selecionado, a história e as características do afresco de Leonardo. Tem a duração de 20 minutos.

Os fones de ouvido estão disponíveis em: Italiano, Inglês, Francês, Alemão, Espanhol, russo, mandarim e japonês.

Os fones de ouvido só pode ser comprado junto com o bilhete.

Visita guiada pela equipe de A Última Ceia:

Você tem também a opção de adicionar em seu pedido o serviço de um guia durante sua visita à Última Ceia, disponível em inglês, italiano, francês, alemão, espanhol e japonês. Note-se que a explicação só é possível em um idioma para cada slot.

Antes de efetuar um pedido leia todas as informações.

MUITO IMPORTANTE: devido à enorme quantidade de pedidos, sua reserva não pode ser considerada confirmada até recebimento do voucher via email, um dia útil após a solicitação.

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected]. Especial atenção aos usuários de AOL.

ATENÇÃO: se o horário reservado não estiver disponível, o museo confirmará automaticamente o horário mais próximo do desejado na mesma data. Os ingressos só serão confirmados segudo disponibilidade do Museu em qualquer horário da abertura do museu.

Política de cancelamento: PEDIDOS CONFIRMADOS NÃO PODERÃO SER MODIFICADOS OU CANCELADOS.

Horário de abertura:
De Terça-feira a Domingo das 08:15 às 19:00, o museu não fecha na hora do almoço  (último ingresso às 18:45).
Fechado na Segunda-feira, em 1 de Janeiro, 1 de Maio e 25 de Dezembro.
Os tunos de visita duram 15 minutos com grupos de no máximo 25 pessoas.

Como Chegar
A Última Ceia de Leonardo da Vinci encontra-se na Praça Santa Maria delle Grazie n° 2 no Corso Magenta em Milão, ao lado da Igreja Santa Maria delle Grazie.

TRASPORTE PÚPLICO:
Bondes números 18-24: descer em Corso Magenta ao lado da Igreja Santa Maria delle Grazie, 2.
Metrô MM1 descer em ¨Conciliazione¨ ou ¨Cadorna¨; metrô MM2 descer em ¨Cadorna¨.

Para todos os tipos de ingresso a reserva é obrigatória.

 

A Última Ceia


No refeitório da Igreja de 1400,  Santa Maria delle Grazie encontra-se uma das obras mais importantes da história da arte: A Última ceia de Leonardo Da Vinci. A existência da magnífica Igreja renascimental e o refeitório em anexo são devidos a Ludovico il Moro.

O Duque Ludovico il Moro escolheu a Igreja domenicana Santa Maria delle Grazie (fundada em 1463) como mausoleo próprio e para sua família. Em 1492, iniciaram a construção da nova e gigantesca tribuna, situada em baixo de uma cupola projetada por Bramante, mesmo autor do portal de mármore, sacristia velha e o  pequeno claustro, chamado "das rans". O interno é pintado a fresco por maestros do renascimento lombardo, entre o quais Butinone, Zenale e Gaudenzio Ferrari.

Em 1494 Leonardo Da Vinci foi convidado para trabalhar na Igreja, sua tarefa seria a de pintar em fresco a parede do lado norte do refeitório, terminada em 1498, um ano antes que os franceses colocassem fim nos grandes projetos de sepultura de Ludovico il Moro. A pintura é admirada pelos florentinos por causa do seu tema sacro, a representação do drama eucaristico no momento do anúncio da traição de Juda. Leonardo deu uma interpretação moderna enfatizando as reações emotivas dos personágens, representando o momento em que os apóstolos trocam olhares e Pietro e Giovanni (sentado à direita de Cristo) se questionam consternados a quem Cristo se referia.

A cena da pintura é ambientada em uma sala com teto revestido por madeira trabalhada, decorada com tapetes de parede muito finos, no fundo encontram-se três janelas que iluminam princiapalmente o lado esquerdo do ambiente com uma luz que provavelmente deveria coicidir com a iluminação natural. Todos estes elementos levaram Leonardo a reproduzir em sua pintura muitos fenômenos naturais, como por exemplo a propagação das ondas em círculos quando a àgua vem atingida por uma pedra, comparada ao efeito das palavras de Cristo aos seus apóstos, ou expressõe faciais, dependendo da idade e da mudança de humor dos personágens. O resultado é de grande impacto emotivo. As três luas projetadas por Leonardo, mas provavelmente realizadas por assistentes, representam o simbolo "sforzesco" dentro de guirlandas, são as mesmas imagens que encontramos na nas fachadas das Igrejas e edifícios.

Até pouco tempo atráz a obra de arte encontrava-se em condições precárias, um dos motivos, além do tempo, era a técnica que Leonardo quis esperimentar na época em que realizou a obra,  o artista utilizou um método misto de tinta a óleo sob dois estratos de gesso. As condições da pintura não melhoraram com as restaurações feitas ao longo dos séculos que passaram.

Apesar de tudo, seja A Última Ceia que a Crucificação, pintada por Montorfano na parede em frente à obra principal, resistiram aos bombardamentos da Segunda Guerra Mundial, quando quase todo o refeitório foi destruído. O Cenacolo de Santa Maria delle Grazie reabre ao público após vinte anos de restauro, que permitiu a recuperação de partes originais pintas por Leonardo, de qualidade tão superior, que mesmo em pequenas partes, finalmente podemos observar a real beleza da obra.

Guia de Milão

15 x 21 cm, 184 páginas, 103 cores, flexibound
Coleção Museus e lugares artisticos
Linguas: italiano, inglês, japonês, francês e alemão.

Cidade de grandes négocios, da moda e do disign, centro industrial e direcional, polo de atrações de gerações de imigrantes iatalianos, meta diária de milhares de pessoas de outras cidades, sede de grandes editoras, jornais e netwok televisivos, rica de teatros, museus, galerias e universidades, Milão do  século XXI é uma metrópoli que conserva simbolos de um ilustre e milenário passado e ao mesmo tempo se renova em continuação. Dentro de um tecido urbano heterogêneo, mas certamente rico e estimulante, emergem documentos de uma história ilustre: desde a época tardo romana a época dos Viscondes e da família Sforza, na idade espanhola, desde 1700 ao explendor Napoleônico, da idade da industrialização ao libery e deco, até chegarmos ao século pós-guerra e atualidade.
O guia sob supervisão de Roberta D’Adda, articula-se em seis itinerários, que da praça do Duomo, coração da cidade, se direcionam até as antigas portas, para enfim chegar às modernas periferias, onde realizam-se novos projetos urbanos.O livro contém muitas imagens, que guiarão os visitantes nas suas escolhas, a introdução é dedicada à história da cidade com um mapa ilustrado com percursos praticos e índice de varias localidades.
Pesquisadora de história da arte, Roberta D’Adda colabora com vários istitutos de museus, catalogando o patrimônio artístico e organizando mostras temporâneas. Com Skira publicou alguns guias de museus e várias monografias da série dos Classicos da Arte do Corriere della Sera (entre os quais Rembrandt, Vermeer, Lotto, Pontormo e Duchamp).

 

Ingressos

Igresso inteiro

Ingresso reduzido: 
Cidadões da União Européia e cidadões de EES (Islândia, Liechtenstein, Noruega, Switzerland) entre 18 e 25 anos de idade; professores de escolas estaduais da União Européia e EES.

Ingresso gratuito:
Menores de 18 anos de qualquer cidadania; membros de I.C.O.M. (Conselho Internacional dos Museus); funcionários do Ministério das artes e das culturas; estudantes da escola secundária com cartão de estudante; professores e estudantes de arquitetura da União Européia, de conservação artística e cultural, de faculdades de artes e a estudos clássicos; professores da União Européia e estudantes da ¨Academias delle belle arti ¨; alunos do ¨Istituto Centrale per il Restauro¨, do ¨Opicicio delle Pietre Dure¨ e ¨Scuola per il Restauro del Mosaico¨; jornalistas inscritos no registro nacional; deficiêntes fisicos da União Européia acompanhados de um membro da família ou de uma escolta; voluntários empregados em atividades culturais para promover a  informação como estabelecido pela coma 8 do ministério art.12 do código; membros da associação ¨Amici di Brera¨.

Acesso gratuito no primeiro domingo de cada mês.

Reservas de Ingressos gratuitos somente através do CALL CENTER DO MUSEU:
- Grupos de estudantes da União Européia,  escolas públicas e particulares acompanhados por professores que tenham feito reserva de serviços  de guias ou de audio-guias. Para grupos que não tenham comprado nenhum serviço, será obrigatório o pagamento de uma taxa de reserva de € 5 independente do número de pessoas que fazem parte do grupo.
- Guias turísticos da União Européia com licença profissional.
- Intérpretes turístico da União Européia quando necessários como assistentes ao guia turístico.

O custo do serviço é obrigatório mesmo para ingressos reduzidos, gratuitos e dias de visitas gratuitas. Ao apresentar-se ao museu será pedido um documento de identificação para justificar eventuais reduções de preço.

ATENÇÃO: Não será possivel a entrada ao sito reservado sem a apresentação do voucher ou bilhete. A apresentação da cópia do pedido não dará nenhum direito ao acesso. A regra deverá ser respeitada sem alguma fexibilidade.

Organização Técnica Weekend a Firenze in collaborazione con Charta Srl Provided by Weekend a Firenze in collaborazione con Charta Srl
Reservar
De 14.20€
Museu e Teatro alla Scala
milano
De € 29.00