Museu Nacional de Castel Sant'Angelo

Grande conteúdo da rica história de Roma, seja na parte interna que externa!

Panorâmica

Lungotevere Castello, 50, Roma

Castel Sant'Angelo: sito arqueológico, fortaleza e prisão, mas também residência pontífica rica de episódios artísticos de grande importância.

O Museu Nacional de Castel Sant'Angelo reflete as numerosas variações de uso de sua sede e pode ser considerado, ao mesmo tempo, um monumento, área arqueológica e museu, dependendo das coleções e do momento.

Castel Sant'Angelo

O Museu Nacional de Castel Sant'Angelo reflete as numerosas variações de uso de sua sede e pode ser considerado, ao mesmo tempo, um monumento, área arqueológica e museu, dependendo das coleções e do momento.

Construido como mausoléu do imperador Publio Elio Traiano Adriano (76-138 d.C.) e sepulcro dinástico para família Antonini, antes com imperador Aureliano, depois com Onorio, a imponente estrutura foi incluida na área murária de Roma e trasformada em uma espécie de fortaleza para defesa da cidade. Por estes motivos recebeu o apelativo de castellum, e sucessivamente em época medieval, sancti Angeli, da legenda da visão do arcanjo Michele que segura a espada, para testemunhar o fim da pestilência.

Sua proximidade a San Pietro, sua posição estratégica no controle da entrada da Urbe (cidade), sua estrutura fechada e imponente, fizeram do Castel Sant'Angelo o centro de interesses políticos, ligando assim, inseparavelmente seu destino aos da Igreja desde quando, em 1367, papa Urbano V pretendeu as chaves do Castelo como condição para a volta da curia a Roma.

Desde então, foram conduzidas numerosas reformas arquitetônicas e construções de novos corpos do edifício, por um lado para manter a estrutua renovada, do ponto de visita da defesa, com construções de bastiões e paredes pentagonais, por outro lado para tornar-lo mais confortável e adeguado as aspirações da Cúria, assumindo, com Paolo III Farnese (1534-1549)o aspecto de uma verdadeira residência principesca.

Em tempos mais recentes, o castelo foi utilizado exclusivamente como prisão política, chamado com nome de Forte Sant'Angelo, e enfim, em 1925, foi trasformado em Museo Nazionale.

A criação do museu foi oficializada em 1911, em ocasião da "Esposizione Universale". Com o grande sucesso do evento, foi instituido também o "Museo della Scultura e delle Arti Minori" cuja as peças começaram a chegar em 1926. Contemporaneamente algumas obras comparadas pelo castelo foram desviadas ao "Palazzo Venezia", onde foi instituido o "Museo di Storia del Medioevo e della Storia di Roma". A galeria de arte relevante e a mobília que decora as salas históricas, chegaram ao castelo em momentos diferentes.

Em 1916 Mario Menotti, colecionista romano, doou uma coleção de antigas pinturas e decorações destinadas à sala de "Amore e Psiche" (entre esssas o célebre S. Girolamo de Lorenzo Lotto), a fim de re-propor um quarto papal do Renascimento. Em 1928, foi feita uma doação analoga por parte de Alessandro e Vittoria Contini Bonacossi que, seguindo os regulamentos do Museo Nazionale di Castel Sant’Angelo (istituido em 1925) que serviu para decorar outras salas e quartos papais.

O nascimento e o imprinting fundamental do Museu deve-se a Mariano Borgatti, primeiro diretor do castelo. A administração militar provém da progressiva compra de uma grande coleção de armas antigas e modernas (hoje me dia guardadas no depósito) e objetos de uso militar (em parte trasferidos ao Vittoriano). As características militares foram mantidas pelo museu até os anos 70, momento em que o sistema museal iniciou mudanças em seu orientamento, e, além de uma renovada atenção na decoração com afrescos, completamente restauradas entre 1979 e 1981, abriu-se um espaço também para uma exposição de cerâmicas (com exemplares entre XV e XVIII sécolo) e um interassante núcleo de escuturas medievais e modernas.

"O Museo Nazionale di Castel Sant'Angelo" enriquece um de seus espaços expositivos com a história do "Castel Sant'Angelo". Nas pequenas salas de Alessandro VI, a exposição se desenrola através de uma série de gravuras, estampas, pinturas e desenhos, para ilustrar as muitas fases hitóricas que com o tempo trasformaram o monumento. A história do castelo foi articulada em quatro seções, ilustradas com estampas antigas, vistas scenográficas e recostruções ideais do monumento, como sugerido pela imaginação de artistas e arquitetos renascentistas, desde sua construção até o século XIX.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE RESERVAR

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected] Especial atenção aos usuários de AOL e Sbcglobal.net. O voucher estará disponível em sua conta um dia útil após o pedido.

ATENÇÃO: se o horário reservado não estiver disponível, será confirmado automaticamente o horário mais próximo na mesma data. Os ingressos serão confirmados segundo disponibilidade do museu.

Horários de abertura Castel Sant'Angelo

De terça-feira a domingo: 9.00 - 19.30. A bilheteria fecha às 18.30

Fechado na segunda-feira; 25 de dezembro, 1° de janeiro.

Acesso limitado a um uso parcial de espaços ao ar livre para visitantes com deficiências; as salas de exposição não são acessíveis aos não-caminhantes.

No caso de fluxo intenso, a quantidade dos visitantes será controlada na entrada.

O "Prigioni", o "Passetto di Borgo" e a "Stufetta di Clemente VII" poderão ser visitados em ocasiões especiais ou mediante solicitação por escrito, a critério da administração

A reserva deverá ser efetuada pelo menos 1 dia útil antes da data desejada.

Como Chegar ao Castel Sant'Angelo

  • Metrô Linha A: parada Lepanto; parada Ottaviano-San Pietro
  • Ônibus:
  • linhas 62, 23, 271, 982, 280 (parada Piazza Pia)
  • linha 40 (saída Piazza Pia)
  • linha 34 (parada via di Porta Castello)
  • linhas 49, 87, 926, 990 (saída Piazza Cavour-parada via Crescenzio)
  • linhas 64, 46 (parada Santo Spirito)

Política de cancelamento

Uma vez confirmada a visita será possível pedido de cancelamento até 3 dias úteis antes da data confirmada e obter o reembolso do custo do bilhete menos o custo do serviço. Pedidos de cancelamento sucessivos e no show não serão reembolsáveis.

Detalhes do preço

horário

Share this Service