Galeria de Arte Moderna Empedocle Restivo+ Exposição temporária

Panorâmica

O Museu expõe uma coleção permanente com mais de duzentas pinturas e esculturas, desde o começo de 1800 até a metade de 1900, as grandes telas de formato monumental de Giuseppe Sciuti, as paesagens de Francesco Lojacono, o naturalismo de Antonio Leto, as referências Art nouveau de Ettore De Maria Bergler, o gosto cintilante e luminar de Giovanni Boldini e a densa estação de 1900, com o testemunho de autores como Massimo Campigli, Felice Casorati, Mario Sironi, Renato Guttuso, Franz von Stuck, fazem com que se sinta a atmosfera de uma moderna capital européia.
 

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE RESERVAR

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected] Especial atenção aos usuários de AOL e Sbcglobal.net. O voucher estará disponível em sua conta um dia útil após o pedido.

ATENÇÃO: se o horário reservado não estiver disponível, será confirmado automaticamente o horário mais próximo na mesma data. Os ingressos serão confirmados segundo disponibilidade do museu.

Galeria de Arte Moderna Empedocle Restivo

Com o nome de Empedocle Restivo, promotor de sua criação no início do século passado, o Museu abriu as portas no pequeno Teatro Politeama em 24 de maio de 1910, com o objetivo princiapal de ter mais testemunhas possiveis do que foi a estação da belle époque, em um período de grande crescimento cultural rico de novos projetos pela cidade.

Uma história escrita ano após ano, com o olhar sempre voltado ao futuro e que, desde 2006 continua na parte interna do "Complesso monumentale di Sant’Anna", sua nova sede renovada - seja a nível estrutural, que dos serviços ao público - às exigência de um Museu do século XXI.

Nos espaços renovados, em ordem scientífica, encontramos a exposição, além de duzentas obras, entre pinturas e esculturas, divididas em quatorze seções temáticas e monográficas que ilustram o percurso das artes figurativas na Itália entre 1800 e 1900, que testemunham a tarefa dos pintores e escultores de grande importância nacional na cidade de Palermo modernista.

Entre as mais importantes obras de arte: as grandes, de formato monumental de Giuseppe Sciuti, as paesagens de Francesco Lojacono, o naturalismo de Antonio Leto, as referências Art nouveau de Ettore De Maria Bergler, o gosto cintilante e luminar de Giovanni Boldini e a densa estação de 1900, com o testemunho de autores como Massimo Campigli, Felice Casorati, Mario Sironi, Renato Guttuso, Franz von Stuck, fazem com que se sinta a atmosfera de uma moderna capital européia

As modernas obras espostas (176 pinturas e 38 esculturas) desenham os percursos, que desde a fundação da Galeria, até hoje, contribuiram à formação de um núcleo representativo do melhor da arte moderna na Itália: das aquisições dos primeiros anos de 1900, segundo o gosto que privilegia as compras das mais importantes criticas nacionais e internacionais (como a Bienal de Veneza), ou prestigiosas galerias privadas.

 

Política de cancelamento

Para cancelamentos após ter recebido voucher con relativo código de confirmação e para no show, podemos reembolsar o custo do ingresso não utilizado menos o custo do serviço (pré venda e reserva online).

Detalhes do preço

horário

Share this Service