O Caminho das Catedrais

Panorâmica

Visitas guiadas particulares para no máximo 20 pessoas.

Saída: Igreja de San Domenico,  encontro com guia no totem.

Horários:

  • De 17 de março a 15 de outubro: das 10:00 às 12:00 e das 15:00 às 17:00 (último turno às 16:00h).
  • De 16 de outubro a 16 de março: das 10:00 às 12:00 (último turno às 11:00h).

Inclui: ingressos para visitas dos locais citados, que serão retirados pelo guia no momento da entrada na bilheteria OPA.

Línguas: italiano, inglês, francês, alemão e espanhol; sob pedido, em base à disponibilidade, também em português, japonês e húngaro.

A reserva deverá ser efetuada 10 dias antes da data desejada.

Economize tempo para fazer reservas! Adicione ao seu carrinho todos os ingressos que quiser, em seguida preencha o formulário e envie seu pedido. Antes de concluir seu pedido, por gentileza leia as informações sobre sua reserva.

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected] Especial atenção aos usuários de AOL e Sbcglobal.net. Os comprovantes também estarão disponíveis na página: http://www.weekendinitaly.com/get_vouchers2.php

ATENÇÃO: se o horário pedido não estiver disponível, o museu confirmará automaticamente o horário mais próximo do desejado na mesma data.

Política de cancelamento:
Para cancelamentos após ter recebido voucher con relativo código de confirmação , podemos reembolsar o custo do ingresso não utilizado menos o custo do serviço (pré venda e reserva online). Para no show não é previsto nenhum reembolso.

COMO CHEGAR A SIENA:

ÔNIBUS: LINHA FLORENÇA - SIENA (SITA): Clique aqui para informações sobre as corridas.

DO NORTE: Autostrada A1 - Saída Florença Certosa - SS Florença Siena - Sáida Porta San Marco - Parar no estacionamento “Il Fagiolone” Strada di Pescaia (como indicado na estrada) para efetuar o check point seguir até Porta San Marco onde os passageiros poderão iniciar o passeio por Siena.

DO SUL: Autostrada A1 saída Bettolle - Junção Autostradale Bettolle Siena - Entrada na Tangencial Oeste de Siena - Saída Siena Porta San Marco.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE RESERVAR

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected] Especial atenção aos usuários de AOL e Sbcglobal.net. O voucher estará disponível em sua conta um dia útil após o pedido.

ATENÇÃO: se o horário reservado não estiver disponível, será confirmado automaticamente o horário mais próximo na mesma data. Os ingressos serão confirmados segundo disponibilidade do museu.

O Caminho das Catedrais

A Catedral de Santa Maria Assunta

"Lembre-se de entrar com devoção neste devotissimo templo da Virgem".
Estas palavras esculpidas no piso da Catedral, são dedicadas a todas as pessoas que entram na Catedral, passar pela porta de entrada não significa somente entrar fisicamente, mas um inicio de um caminho espiritual. Antes de ser um scenário dedicado à arte, a Catedral é a casa de Deus e de seu povo.

A fachada, com a munificiência de seus mármores, anuncia o acesso a um espaço único, onde encontramos profecias esculpidas nos pergaminhos das estátuas de Giovanni Pisano.

O edifício construido para ser imagem de uma ralidade feita de carne e espirito, a Igreja-Comunidade: onde a vida do homem foi modificada por quem morreu para salvá-lo do mau, Jesus Cristo.

Aqui foi venerada Maria Santissima, a primeira mulher que provou os efeitos da salvação: imaculada e sem pecado, destinada a dividir o destino do glorioso Filho. A Virgem, imagem da Igreja, a Mãe a quem os fiéis pedem ajuda para alcançar suas graças, como os seneses fazem na "Cappella della Madonna del Voto".

Dentro da Catedral, seu olhar poderá observar os vidros circulares colocados no topo do abside, que representam a "Assunzione della Madonna" indicando qual é a meta de cada homem: o reino do Céu. Em seguida notaremos o ouro na esféra do altar maior, a "Maestá", que representa Maria no trono.

Chegando ao objetivo final, será necessáriofazer o percurso da estrada humana, ilustrada pelo estraordinário piso de mármore: no sentido religioso de cada ser humano, que deu origem às antigas sabedorias, representadas pelo filósofo Ermete Trismegisto e pelas Sibille, chegamos a ver episódios do Antigo Testamento, antes da revelação de Deus, até chegar às figuras de: Elia, que subiu ao céu com o carro de fogo, o rei Davide e Abramo no ponto de sacrificar o filho Isacco.

À esquerda do presbitério encontramos o abrão, que nos conta a vida de Cristo, até sua morte, Ressurreição e Juízo final.

Na parte posterior do altar, do lado esquerdo, econtra-se o objeto que deu nome à Catedral: a mesa, sede do Bispo, onde protege com a fé católica seu povo.

A Co-Catedral de SS. Marziale e Alberto a Colle Val d\'Elsa

Bem vindo na parte mais alta de Colle Val d’Elsa, na Co-Catedral da cidade, onde o Bispo, pastor e guia da Povo de Deus, proclama os ensinamentos de Jesus Cristo.

A Basílica foi dedicada aos Santos Alberto Marziale, Faustino e Giovita; Marziale foi o fundador da comunidade cristã local, em quanto, segundo a tradição, celebra os primeiros batizados no rio Elsa. Faustino e Giovita são dois mártires do século II, que devido as perseguições romanas, refugiaram-se na colina de Picciano.

Desde os tempos antigos, o Arcipretura de Colle di Val d\'Elsa foi libertando-se da jurisdição do bispo de Volterra, referindo-se diretamente ao Papa, para atingir, em 1592, a Diocese de ereção. No entanto, desde 1986 a comunidade juntou-se à Arquidiocese de Siena-Colle di Val d\'Elsa-Montalcino, deixando ao Duomo, a função de Catedral.

A Basílica é o local onde os cidadões se identificam e veneram o Santo Chiodo, com o qual, segundo a tradição, foi perfurado o pé esquerdo de Cristo na Cruz. A devoção ao Santo e a relíquia são ligados ao arcipreste de Sant’Alberto da Chiatina (século XII), que reacendeu o culto das almas dos cidadões da cidade.

A Co-Catedral do SS. Salvatore a Montalcino

Bem vindo a Co-Catedral do SS. Salvatore, que nasce imponente e maestosa na parte mais alta e antiga de montalcino. Subindo a escadaria de Costa Spagni, percorre-se um caminho de elevação espiritual, chegando perto, assim, ao ponto de encontro entre o céu e a terra.

Neste edifício monumental, toda comunidade ainda hoje se identifica e celebra os momentos mais importantes da fé. Aqui encontra-se a ecrivanhia do Bispo, que tem como tarefa a de guiar o Povo, trasmitindo os ensinamentos de Cristo. Desde época medieval a Igreja do Santissimo Salvatore era uma das mais importantes do território e por este motivo em 1462 Papa Pio II a reconheceu como Catedral. O aspecto atual é resultado da reconstrução do XIX século, dirigida por um dos arquitetos de Siena mais importantes da época, Agostino Fantastici. Na parte interna, além de um monumental altar, podemos admirar a "Immacolata Concezione del Vanni", obra de arte de 1500 e a Capela da fonte de batismo.

Política de cancelamento

Para cancelamentos após ter recebido voucher con relativo código de confirmação e para no show, podemos reembolsar o custo do ingresso não utilizado menos o custo do serviço (pré venda e reserva online).

Detalhes do preço

horário

Share this Service