Galerias da Academia de Veneza

Panorâmica

Galerias da Accademia de Veneza
Campo della Carità, Dorsoduro 1050, Veneza

As reservas devem ser feitas pelo menos 1 dia útil antes da data solicitada.

ATENÇÃO: Ao selecionar visita "audioguide", irá também incluir este serviço. Audioguias disponíveis em Italiano, Inglês, francês, alemão, japonês e espanhol.

Economize tempo para fazer reservas! Adicione ao seu carrinho todos os ingressos que quiser, em seguida preencha o formulário e envie seu pedido. Antes de concluir seu pedido, por gentileza leia as informações sobre sua reserva.

Esta reserva é feita através de uma agência autorizada por Teleart, licenciado oficial de museus de Veneza.

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected]. Especial atenção aos usuários de AOL.

ATENÇÃO: se o horáio pedido não estiver disponível, o museo confirmará automaticamente o horário mais próximo do desejado na mesma data.

HORÁRIO DE ABERTURA: Segunda-feira das 08:15 às 14:00; de Terça-feira a Domingo das 08:15 às 19:15. A bilheteria fecha 45 minutos antes do fechamento do museu.

Política de cancelamento: PEDIDOS CONFIRMADOS NÃO PODERÃO SER MODIFICADOS OU CANCELADOS.

Como chegar:

A Galeria da Accademia de Veneza encontra-se no " Campo della Carità nel Sestiere di Dorsoduro" (n° 1050) em Venezia, perto do " Ponte dell’Accademia". Pode-se chegar a pé de P.le Roma, da Estação Ferroviária (aproximadamente 25/30 minutos), ou com vaporeto (horários e linhas www.actv.it).

De trem

Na praça da Estação Ferroviária de Veneza - S. Lucia é possivel pegar o vaporeto: Linha 1, Linha 2 com parada na Accademia (a 1 minuto de distância do Museu), Linha 5.1 com parada Zattere (a 5 minutos de distância do Museu).

De carro

  • Do estacionamento do Piazzale Roma: vaporetos: Linha 1, Linha 2 com parada na Accademia (a 1 minuto de distância do Museu), Linha 5.1 com parada Zattere (a 5 minutos de distância do Museu).
  • Do estacionamento Tronchetto: vaporetos: Linha 2 com parada Zattere (a 5 minutos de distância do Museu).
  • Do lido: de S.M.Elisabetta vaporettos: Linha 1 com parada na Accademia (a 1 minuto de distância do Museu), Linha 5.2, ou Linha 6 com parada Zattere (a 5 minutos de distância do Museu).

De avião

  • Do Areroporto, chega-se a Veneza - Piazzale Roma com ônibus: Linha 5 ACTV, com van Air Terminal ATVO (para consulta de horários das vans Air Terminal consultar www.atvo.it), ou com vaporetos: Linha 1, Linha 2 com parada na Accademia (a 1 minuto de distância do Museu), Linha 5.1, Linha 6 com parada Zattere (a 5 minutos de distância do Museu).
  • Do Aeroporto, chega-se a Veneza com o serviço Alilaguna (www.alilaguna.it) com a Linha Arancio Aeroporto-S. Marco, com parada em S. Marco (Giardinetti), (distância do Museu à pé: 15/20 minutos ou de vaporteo Linha 1 ou 2 com parada Accademia), Linha Blu Aeroporto-Marittima, com parada Zattere (a 5 minutos de distância do Museu).

 

 

 

 

 

O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE RESERVAR

IMPORTANTE: após ter completado sua reserva com sucesso, irá receber dois e-mails: o primeiro (imediatamente após a reserva) será a copia de seu pedido e o segundo (um dia útil após a reserva ou na Segunda-feira se o pedido for feito na Sexta-feira ou final de semana) com o Voucher que deverá ser imprimido e apresentado ao museu 15 minutos antes do horário confirmado. Favor completar corretamente o formulário com enderço e-mail e verificar que os filtros anti-spam e antivírus não estejam bloqueando o correio eletrônico do nosso endereço [email protected] Especial atenção aos usuários de AOL e Sbcglobal.net. O voucher estará disponível em sua conta um dia útil após o pedido.

ATENÇÃO: se o horário reservado não estiver disponível, o museu confirmará automaticamente o horário mais próximo na mesma data. Os ingressos serão confirmados segundo disponibilidade do museu.

Panorâmica

A mais rica coleção de pinturas venezianas e venetas, desde 1300 bizantino e gótico aos artistas do Renascimento como Bellini, Carpaccio, Giorgione, Veronese, Tintoretto e Tiziano a Giambattista Tiepolo e artistas de 1700 como Canaletto, Guardi, Bellotto, Longhi.

As Galerias da Academia

As Galerias da Academia constituem uma importante coleção de pinturas venezianas do  século XIV ao XVIII , com obras primas famosas de maestros como  Bellini, Giorgione, Carpaccio, Tiziano, Tintoretto, Veronese e Tiepolo.

Com a suspesão das congregações religiosas e das magistraturas públicas venezianas, foram confiscadas muitas obras de arte. Uma seleção foi enviada à sede do poder central de Paris, para serem expostas no Louvre.

Em Veneza muitas pinturas de alta qualidade, principalmente da escola local do século XIV ao XVIII , ficaram protegiadas das perdas e vendas na pinacoteca da Academia, que tinha como função principal recolher material didatico para a formação de jovens artistas. Ao tentar garantir uma visão geral da arte nacional, a Academia tentou comprar obras de outras grandes escolas de pintura italianas, mas no final do século, preferiram dar privilégio à produção de sua região.

A Academia dos Pintores e Escultores de Veneza, criada em 1750, tinha como sede o Fonteghetto della Farina in San Marco, mas em 1807 o governo napoleônico escolheu como sede da Academia das Belas Artes de Veneza o compêndio da Caritá (da Caridade), formado pela antiga igreja de Santa Maria da Caridade, do Convento dos Canônicos Lateranenses e da Escola grande de Caridade.

Em 5 de novembro de 1807 abriu-se uma nova sede da escola e em 10 de agosto de 1817 a pinacoteca foi aberta ao público. Os primeiros núcleos de coleções eram constituidos por obras transferidas da velha Academia, algumas pinturas da Escola da Caridade e a coleção de gessos Farsetti. Algumas pinturas foram devolvidas a França, outras foram retiradas, por medida de segurança, por igrejas venezianas como a de San Giobbe. O museu ampliou suas coleções com a chegada de financiamentos privados e as doações comprando obras significativas.

O projeto de ampliação começou em 1819 e terminou em 1856. Construiram-se dois grandes salões no lado esquerdo do convento paladiano e entre os ambientes foram colocadas quatro colunas de mármore. Em 1829 ampliou-se o convento e em 1830 foram substituidos na fachada os símbolos da Caridade  com os da Academia. A grande aula no terreo foi dividida para dar à Galeria uma entrada independente da Escola.

Em 13 de Maio de 1882 a Galeria da Academia e a Escola ficaram independentes uma da outra. Em 1895 foram reorganizadas radicalmente as galerias. Foram eliminados os artistas de 1800 e tentaram expor obras em ordem cronológica. As pinturas de 1400 foram compactadas entre elas e algumas coleções foram organizadas em forma de poligonos para dar uma idéia de continuidade pitorica. As Galerias tornaram-se independentes definitivamente da Escola e da Accademia em março de 1906. 

Entre 1945 e 1948 as pinturas foram selecionadas e as molduras não origianais foram removidas, expostas na altura dos olhos do visitante e organizadas seja do ponto de vista estilistico que cronológioco. O projeto de reorganização das salas continuou até os anos 50 sob supervisão de Carlo Scarpa, revelando uma grande coerência formal, criando um rigor artístico nunca visto antes.

A ligação das Galerias da Academia com a cidade de Veneza é muito importante: as salas contém muitas obras de arte que provem de igrejas, escolas e magistraturas públicas, que ajudam os visitantes a compreender o significado que o pintor  trasmitia numa determinada obra. Em alguns casos, as obras de arte expostas nas Galerias são a única prova da esistência de igrejas que foram demolidas no periodo napoleonico e  alguns dos quadros mais famosos de casas privadas foram doados por ilustres colecionadores venezianos. A diretoria do museu continua a incrementar suas coleções comprando obras através de orgãos competentes do setor.

 

 

Política de cancelamento

Uma vez confirmada a visita, não será possivel modificar ou cancelar.

Detalhes do preço

horário

leia mais

Share this Service